Casei! Parte 2 - Detalhes da Cerimônia

Semana passada (finalmente) dei início aos relatos do meu casamento, com algumas dicas e feedbacks dos fornecedores que atuaram no nosso dia D. Se você ainda não viu o post, te convido a dar uma olhadinha clicando aqui. :)

Hoje eu dou continuidade à minha jornada rumo ao altar, falando sobre os detalhes da nossa cerimônia, que não foi religiosa. Antes disso, peço licença para contar um pouquinho sobre a minha história e já aproveito para falar da escolha do celebrante.

Eu sou neta de pastor. Meu avô fundou uma importante igreja batista numa cidadezinha no interior de Pernambuco chamada Ribeirão. Tanto ele quanto minha avó paterna são pessoas de uma fé inabalável, como nunca vi igual. Meu avô faleceu quando eu tinha 5 anos. Desde então, parei de ir a igreja e me perdi no mundo até conhecer meu marido.

Paulinho foi fruto de muuuuita oração da minha avó e quando começamos a nos relacionar eu deixei duas coisas muito claras: eu não queria casar, nem acreditava em Deus (direta assim rs.). É impressionante como Deus não desiste da gente e coloca anjos no nosso caminho. Mesmo O negando por tantas vezes, um ano depois lá estava eu, indo todo sábado para a igreja Adventista e pregando o Evangelho com um coral abençoado chamado Coral Jovem de Brasília (saudades!).


Engraçado que, durante todo esse período em que estive no coral, eu quis me batizar, mas não me sentia preparada e simplesmente não achava justo ter que me batizar apenas para poder me casar na igreja (a doutrina da igreja adventista é um pouco rígida e o batismo é uma das exigências para que a noiva possa casar na igreja).

De qualquer sorte, eu fazia questão de ter uma cerimônia religiosa na qual o pastor ressaltasse a importância do matrimônio e do casal alicerçar o casamento na Palavra de Deus por causa de todas as experiência maravilhosas que tive enquanto estava no coral.

Infelizmente não consegui encontrar um pastor do jeito que eu queria, então a solução foi correr atrás de um juiz para fazer meu casamento no Barrozo já que ele teria apenas efeitos civis.

O Celebrante


Entrei em contato com o cartório em que dei entrada na papelada do casamento e alguém lá me indicou o Dr. Humberto, pessoa maravilhosa que, mesmo sem me conhecer, falou exatamente o que eu pedi a Deus ali em cima. O engraçado é que muita gente saiu do meu casamento jurando que a cerimônia tinha sido celebrada por um pastor, de tão perfeito que foi! Amei ♥

A Papelaria do Casamento


Essas foram algumas fotos tiradas por convidados em que dá pra ver os detalhes da papelaria mais de perto:
 

Essa foi apenas uma das peculiaridades do meu grande dia. Tudo foi pensado para que tivesse a nossa carinha, o nosso toque e estilo. Fizemos questão de escolher cada música do cortejo e, como todas elas tocam nosso coração de uma forma muito especial, decidi fazer um informativo do casamento, que foi posicionado nas cadeiras dos convidados pelo cerimonial, contendo a listagem das músicas e o momento em que cada uma seria tocada. Junto com o informativo distribuí leques para amenizar o calor e lágrimas de alegria, todos personalizados por mim. Os convidados adoraram!!

Welcome Drinks


Uma das grandes vantagens de ser noiva, é a possibilidade de visitar feiras e eventos e sair de lá com algum brinde ou item sorteado. As vezes você ganha algo que já tem e as vezes você é tão sortuda que ganha um serviço de welcome drinks oferecido pelo melhor barman da cidade, BalacA Buffet de Líquidos. Foi o meu caso! Já falei por aqui como ganhei o sorteio e do que se trata esse serviço, mas, resumindo a ópera, welcome drinks são bebidas refrescantes, servidas até momentos antes da entrada da noiva, para estimular uma maior interação entre os convidados e também para que eles se sintam mais à vontade enquanto a cerimônia não começa. FAN-TÁS-TI-CO!

Comecei a sondar os convidados para saber o que eles acharam do serviço, que é relativamente novo aqui em Recife, e quem conseguiu experimentar ficou encantado! Tivemos água de coco e dois sucos refrescantes, dentre eles o meu preferido, limão com gengibre. O único ponto negativo é que quem chega atrasado perde a oportunidade de experimentar deliciosos drinks, mas é a vida! No geral, adorei o serviço e BalacA fez um trabalho incrível (como sempre!). Recomendo demais!!

Recepção e Cerimônia: Barrozo | Celebrante: Dr. Humberto | Cerimonial: Santas Casamenteiras (DF) | Decoração: Júlio Baltar | Welcome Drinks: BalacA Buffet de Líquidos | Fotografia: Dany Canel | Papelaria: Mercearia de Ideias e Noiva


Bom meninas, eu optei por não falar sobre o Barrozo porque ele já tem post próprio que vocês podem acessar clicando aqui e também porque pretendo comentar sobre ele na recepção que foi realmente onde houve o destaque. Como o post acabou ficando maior do que eu imaginava, preferi falar primeiro sobre os detalhes da cerimônia e fornecedores que antecederam o cortejo e no próximo eu falo sobre a decoração, orquestra, cortejo e mais detalhes do cerimonial. Qualquer dúvida, estou a disposição! :D

Beijos e até a próxima!

17 comentários :

  1. Suelen Milanez18/03/2014 11:19

    Linda históriaa! Parabeeens

    ResponderExcluir
  2. Adorei o papelzinho com as musicas para os convidados acompanhar!
    Muito lindo e original!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Ingrid!!!!
      É tão legal quando os noivos personalizam o casamento né? como o objetivo era tornar nosso casamento o máximo possível com a nossa carinha, corremos um pouco do tradicional no quesito música e gostei tanto das escolhas que tive que compartilhar!
      :*

      Excluir
  3. O juiz de paz foi realmente muito bom, adorei ele. Falou tudo direito e com um toque de comédia kkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kkkkk Muito bom né amiga?
      Ai que vontade de casar de novo... (com a mesma pessoa!)
      :*

      Excluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Julianna, que coisa linda. Deus nunca desiste de seus filhos, e isso é o que me motiva. Sou adventista de berço e sempre acompanho seu blog, até ganhei um sorteio por aqui, e gostei bastante do seu depoimento/testemunho, e além disso, Profº Humberto é uma pessoa maravilhosa e sua esposa também, você ficou em boas mãos! Abraços, Jéssika Barros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ô Jess, fiquei tão feliz quando li teu comentário... Acho que é meu papel como cristã compartilhar minha história viu? de que mesmo as pessoas que se perder que negam a Deus têm a chance de ser feliz! Tenho plena convicção de que fui muito abençoada por ter o Dr. Luiz Humberto como meu celebrante :)
      Beijos flor,
      :*

      Excluir
  6. O Dr. Humberto é juiz de que vara? Quero me casar tendo como celebrante um Juiz de Paz. Quanto tempo durou a cerimonia? vc tem a gravação ?? beeeijos (noivadesesperada)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi noivinha desesperada, tudo bom? rs. Acho que te respondi pelo face, não foi?
      Atualmente ele está substituindo um desembargador no TJ, mas ele é juiz da vara da infância e da juventude! E a cerimônia durou o tempo que tinha que durar, nem mais, nem menos. Foi ótimo!
      :*

      Excluir
  7. O casamento foi perfeito, amiga!!
    Parabéns!! Amei o post!!

    Espero que tenha valido a pena para vocês, pois é o que importa!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ô amiga, com a maior certeza do mundo te digo que valeu a pena! Espero que você e Everton possam ser tão felizes quanto a gente está sendo... conte comigo para o que precisar!
      :*

      Excluir
  8. Julianna, como você contatou o Dr. Luiz Humberto? Foi direto na Vara onde ele atua? Já tive a oportunidade de assistir algumas aulas dele e o adorei, mas não sabia que ele celebrava casamentos. Por favor, me informa isso porque estou enlouquecida com o fato de ter de organizar um casamento às pressas para poder mudar de cidade com o noivo. Agradeço a sua ajuda, desde já.
    Patrícia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Pati!
      Respondido no Facebook. Boa sorte flor!
      :*

      Excluir
  9. Julianna... quem fez o teu monograma... queria um assim... você pegou pela internet? Não achei esse modelo!

    Priscilla Melo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Pri, tudo bom?
      O monograma fui eu mesma que fiz num programa chamado photoshop, conhece?
      Fiz um post sobre monograma a um tempo atrás para ajudar as noivinhas que, como eu, são adeptas ao DIY: http://www.casandoemrecife.com.br/2014/01/diy-monogramas.html

      Beijos
      Ju

      Excluir

Gostou do post? Deixe aqui seu comentário :)

Posts + Recentes

Últimos Comentários